AGENCIA DE MARKETING DIGITAL FULL SERVICES

Você sabe conversar com as personas da sua empresa?

14 ago
2018

O inbound é uma das estratégias de marketing digital mais usadas atualmente. Ele nos ensina a importância de atrair o consumidor em vez de interrompê-lo. Para colocá-lo em prática, é necessário entender os conceitos atrelados a ele. Você já entende a importância de criar um blog e de conhecer o seu cliente, mas sabe se comunicar especificamente com suas personas?

Criar uma linguagem adaptada ao seu público é essencial para atingi-lo. Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura deste post:

O que são personas?

São arquétipos do seu tipo ideal de cliente. O conceito de público-alvo já não atende às necessidades do consumidor e da empresa: entre homens de 25-35 anos profissionalmente ativos, existe uma imensidade de nichos que podem ou não ser o seu target. Cada um deles pede um tom de voz e se interessa por assuntos específicos; cabe à sua PME saber identificá-los.

Qual a importância de saber se comunicar com elas?

Entenda quais os benefícios de dialogar corretamente com seus clientes:

Tom de voz e identidade da marca

Daremos o exemplo de uma empresa gigante. Até meados de 2015, a Avon ficava para trás em seu segmento e, principalmente, entre um de seus targets mulheres jovens e profissionalmente ativas.

Uma das campanhas de 2014, chamada Quilinhos, teve uma péssima repercussão entre o público feminino. No comercial, uma mulher em frente ao espelho queixa-se por estar “gorda” e só começa a se sentir bem ao utilizar um rímel da marca.

Quando o marketing da empresa passou para Marise Barroso, em 2015, a Avon percebeu que aquela linguagem não conversava mais com a sua cliente. O discurso autodepreciativo da propaganda se transformou em um tom de voz de “amiga” da persona: descontraído, com gírias e abordando assuntos em comum.

A marca também começou a conversar com outro tipo de persona, até então negligenciado pelo segmento de beleza: o público LGBTQ+.

Embora o exemplo da Avon não seja de inbound marketing, ele se aplica a qualquer negócio e campanha: não adianta dialogar com sua persona sem falar a linguagem dela. A identidade da marca essencialmente não mudou, mas se modernizou e aprendeu a acompanhar o desenvolvimento de suas clientes.

Segmentação de conteúdos

Além de entender como se comunicar com a persona, você precisa saber o que dizer a ela. Não basta escrever textos vazios com a linguagem usada pelo cliente; o texto deve ter conteúdo.

Criar uma comunicação pensada nas personas é prender a identificar seus assuntos de interesse que estejam ligados à sua PME. Em outro exemplo: quando um usuário tem uma dúvida e faz uma pesquisa no Google, ele encontra seu post por meio das palavras-chave.

Se o seu conteúdo souber responder às dúvidas dele, sua marca será vista como referência. Quando ele tiver mais questões sobre o segmento, voltará a procurar sua empresa por ela unir conteúdo e linguagem adequada.

Diálogo

Hoje o consumidor é agente e deseja falar sobre e para a marca. Quando a sua PME cria um tom de voz específico, dá ao cliente a impressão de estar conversando com ele.

Saber se comunicar também é essencial na hora da conversa de fato: sua PME saberá em quais canais a persona está, quais tipos de assunto abordar, como reagir a críticas e como dar respostas efetivas na hora das dúvidas.

Autoridade no segmento

Sabendo atingir o seu cliente e oferecendo conteúdos relevantes a ele, sua empresa começará a criar uma reputação positiva nos meios digitais. E se você é procurado e respeitado por pessoas que já entendem sobre o seu segmento, também será por quem inicialmente não tenham a ver com seu negócio.

Pode ser até que apareçam novas personas ― e cabe à sua PME aprender a se comunicar com elas.

Entendeu a importância de saber se comunicar com suas personas? Então compartilhe este post no LinkedIn e ajude outros profissionais a entenderem mais sobre o assunto!